Notícias

Phil Spencer compartilha a intenção de honrar todos os acordos anteriores e deseja manter Call of Duty no PlayStation

Em uma semana turbulenta com o anúncio de que a Microsoft está prestes a adquirir a Activision-Blizzard, um dos assuntos que muito se falou foi a possível exclusividade de Call of Duty. Hoje, o CEO da Microsoft Gaming Phil Spencer revelou suas intenções em relação à maior propriedade de jogos da Activision. No Twitter, ele compartilhou o seguinte: ”Tive boas ligações esta semana com líderes da Sony. Confirmei nossa intenção de honrar todos os acordos existentes após a aquisição da Activision Blizzard e nosso desejo de manter Call of Duty no PlayStation. A Sony é uma parte importante da nossa indústria e valorizamos nosso relacionamento.”

Embora já fosse esperado – devido ao precedente de aquisição da Zenimax/Bethesda – que títulos de serviço como Call of Duty: Warzone permanecessem no PlayStation. Este Tweet de Phil Spencer pode significar que futuros títulos de Call of Duty também serão lançados nos consoles PlayStation. O que pode ser devido a acordos de marketing existentes entre a Activision Blizzard e a Sony em relação à franquia de tiro em primeira pessoa.

Pieter "SuikerBrood" Jasper

Jogador de 29 anos que cresceu com Commander Keen e Jazz Jackrabbit. Um jogador de PC. (Desculpe, não desculpe). Holandês, mas na verdade frísio. Adora Age of Empires, Sea of ​​Thieves e deseja um novo Viva Piñata.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.

Voltar ao topo botão